Geral

Prefeitura de Aracaju afasta fiscais envolvidos em agressão contra ambulante 

[Prefeitura de Aracaju afasta fiscais envolvidos em agressão contra ambulante ]
Por: reprodução Por: Redação BNews 0comentários

Foram afastados os fiscais envolvidos em uma ação de recolhimento de mercadorias e equipamentos, na praça João XXIII, no Centro de Aracaju, na manhã desta quarta-feira (25). Segundo o presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Luiz Roberto Dantas, houve um reunião, na tarde desta quarta, com representantes da Diretoria de Espaços Públicos e Abastecimento (Direpa). A determinação do afastamento teria sido sido do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT).

Na reunião, Luiz Roberto ratificou todo o protocolo de atuação do exercício da função de fiscal, principalmente, no tocante a evitar confrontos desta natureza, bem como solicitar o apoio da Guarda Municipal quando necessário, priorizando sempre o diálogo.

Relembre o caso:
Um vendedor ambulante que comercializava irregularmente frutas na Rodoviária Velha, em Aracaju, na manhã desta quarta-feira (25), foi imobilizado por um agente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) ao tentar impedir que a mercadoria fosse levada. Nas imagens enviadas por um leitor do AjuNews é possível ver que o homem foi imobilizado com um golpe conhecido como ‘gravata’ após tentar atingir um fiscal. O ato causou revolta em outros vendedores que impediram a continuação da agressão.

Procurada pela reportagem, a prefeitura informou que “não compactua com atos de violência e entende que não é pela força que irá enfrentar a crise provocada pela Covid-19” e acrescentou que o ato foi “uma ação isolada”. Ainda de acordo com o Município, a Emsurb vai convocar a equipe que atuou na ação ocorrida na Praça João XXIII, para tomar as devidas providências.

Segundo o Executivo Municipal, o ambulante que aparece em vídeo foi comunicado, ainda na terça-feira (24), sobre a impossibilidade de vender seus produtos naquela área, em cumprimento do decreto governamental que proíbe comércio ambulante em todo o estado. Não atendendo, recebeu a notificação e, mesmo assim, não seguiu as orientações.

A prefeitura também informou que a “equipe de fiscalização retornou ao local e, durante várias horas, tentou convencê-lo, pacificamente, a se retirar do local, que reagiu, provocando a apreensão do material na manhã desta quarta”. A mercadoria do vendedor está sob responsabilidade da Emsurb para que ele possa recuperá-la.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas